Uma virtualização de servidores sem intermediários

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

O traço distintivo mais importante entre os KVM Virtual Private Servers e a maior parte dos servidores virtuais consiste no próprio método de virtualização. Por meio dos Servidores KVM, a execução de qualquer outro aplicativo de virtualização no servidor será completamente desnecessária- em vez disso os procedimentos do software que se precisam estão sendo compiladas dentro do SO da máquina anfitriã. Isto minimiza bastante os recursos que o servidor tem de reservar a fim de executar programas adicionais ficando os tais recursos livres para ser utilizados pelas máquinas de convidado. O fato de eliminar o tal estrato de comunicação estra também reduz o tempo de espera de entrada/saída, o qual resulta no rendimento muito mais veloz do seu VPS.
Uma virtualização de servidores sem intermediários

Acesso direito aos recursos do servidor dedicado

Aproveitamento dos recursos de servidor reservado exclusivamente para você

O avançado método de virtualização usado na criação de KVM Virtual Private Servers possibilita a melhor utilização dos recursos de servidor existentes. A tecnologia KVM é preparada diretamente no sistema operacional do servidor físico facilitando a comunicação direta entre as máquinas guest e o servidor físico, sem ser preciso que se passe por um elo de virtualização com cada consulta. Esta reduzida comunicação redundante resulta em uma melhoria considerável na performance dos VPS.
Acesso direito aos recursos do servidor dedicado

Pleno controle no que se refere ao SO

Autonomia completa na instalação daquele SO que tiver selecionado

Um dos desperfeitos dos Servidores VPS, em comparação com servidores dedicados é o próprio sistema operacional – normalmente você não tem outra opção senão escolher um dos sistemas operacionais aprovados pelo provedor. Através de um KVM Virtual Private Server, então, será fácil pôr praticamente qualquer sistema operacional que é compatível com as especificações do seu servidor e do hardware do servidor central. Este cenário é realizável devido à maneira única em que a virtualização KVM funciona. KVM é diretamente integrado do sistema operativo do anfitrião, que vem ajudar para se conseguir manter uma comunicação direta entre as máquinas hóspedes e o hardware, sem a necessidade de um outro nível de comunicação, presente em vários outros sistemas de virtualização.
Pleno controle no que se refere ao SO
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL